Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mais

E que se façam mais, 
muito mais, bem mais
Com as bençãos do Pai,
em cores, com sorrisos e lágrimas...
.... de felicidade para firmar
aquilo que um dia duvidei,
aquilo que um dia chegou,
aquilo que hoje nem sei
viver mais sem! 
com tantos motivos por aí
Feliz fiquei por escolher a mim
Feliz sou eu por escolher você!

<3

Postagens recentes

5 ou 4

Definição, preciso mesmo de alguma? 
Por mais que tente, ainda assim, distante estarei
este adverso do que se sente, do que se vê, se escreve,
Melhor mesmo é viver, assim pensei
Não tenho que provar nada, ou tenha
a sua boca, em mim, paz!
Felicidade que em mim faz...
ser feliz, seria o lema ou senha?

Já faz um tempo, quem sabe ao certo o quanto?
pra permanecer assim, que sejam outros tantos
e nestas contas, me perdi no tempo, no espaço
nos abraços, do saudosismo, do apaixonado,
do amor, que se transforma em conto... 

Quinto ou quarto?  A questão surgiu.
Para alguns o quinto, ou talvez um quarto...
...desejada presença, sua ausência é fardo
Quantas estrelas, 5 ou 4? Fica em segredo então... 
Ela chegou e me fez feliz, foi o que disse o coração!

Tons de azul

Vejo cores, não mais o cinza, Com estas tais, um sorriso... ...sai, desponta, brota, aflora, enfim. Tons de azul, que dão inicio ao fim... ... do cinza, do turvo, da ausência, do desejo ao beijo, extinta carência! Azul que persiste, abrindo e fechando o dia, surge, se posiciona e permanece a alegria! São cores, já disse, sorri quando avistei, Medo que vai, ficou pra trás, pensei, olhos fechados, ele está aqui, sonhei! Se poetas são tristes? Ah, nem sei... Vivo o hoje, observo, sinto e gosto Sentado a vejo sorrio e espero Meu mundo não é mais meu e sim nosso. Vendo tais cores, sei bem quem quero...!

Feitiço

Passos dados, parou, pensou, sorriu... ...diante dos olhos a porta entre aberta, o que faço se a atravesso? O que terá diante dela? Em meio a medos, ansiedade, orgulho, curiosidades, um desejo de querer bem. São dúvidas, incertezas, bom cheiro, rara beleza, quando foi que se sentiu tão bem? Entre encontros e desencontros, piadas e descontentamentos, este frio na barriga, são todos que realmente tem? Parece feitiço, algo que raramente vejo, Trocaria o que tens por mais um beijo, A canção que dizia: "ela me faz tão bem!" Se decidir parar, acaba a necessidade do poeta. Se decidir persistir, ressurgem os sonhos, continuam os beijos, talvez sim, seja esta a escolha mais certa! Tudo isto acontece num instante, por isto parou, pensou, sorriu, diante da porta entre aberta.

Roberta Fernandes - Engasgado

vou sair desse rio
e me secar.
me molhar talvez
só de garoa
mergulhar numa lagoa
onde não circulem pedalinhos.
perder os vínculos, mais uma vez
me perder encontrada.
me apostar acertando.
buscar linhas mais retas do que essas
traçadas nas ondas do oceano
e que quebram na orla
molhando os pés de quem granula o passo
e observa
como eu.
mas não existe mais qualquer chance.
chame o advogado e peça que venha com os papeis prontos
minha mão direita já segura a bic preta.
assino embaixo.
esse é o meu último mergulho
nesse rio
que não me tem mais carinho
algum.

Créditos: